terça-feira, novembro 08, 2005

Os dragoes atras da parede


E foi em meio a uma palestra informal que lembrei-me...
Atrás das paredes, desgastadas e brancas,
de minha sala do ginasial, eu podia vislumbrar os dragões.
Daí era fácil. Bastava traçar por cima, com um lápis bem macio,
para capturar aquelas imagens tão interessantes.
Meus colegas adoravam:
– Ter a chance de ver como eram os dragões!
Por muito tempo eu os fiz vir a tona.
E o que era ainda mais impressionante,
numa atitude inusitada de respeito pelo sobrenatural,
o homem da limpeza, que liquidava todos os traços
que maculassem as paredes e as carteiras escolares,
apagava todos as pichações, recados, caretas…

… mas nunca apagava os dragões.